fbpx

*Esse conteúdo foi originalmente publicado pela Zissou, a marca de sono mais amada do Brasil. Ainda não conhece? Confira os produtos Zissou e redefina a sua relação com o sono: https://zissou.com.br. A Zissou é uma das parceiras da Fit Anywhere, colaborando para a geração de bem estar e qualidade de vida.

 

Se você pratica atividades físicas regularmente, sabe como é prazeroso bater novas metas com o passar do tempo. E, para se superar todos os dias, o treino é essencial. Mas sabia que tem uma forma de melhorar tudo isso e alcançar mais resultados?

Não, não estamos falando força, foco e garra ou ainda de um suplemento comprado em forma de pílula. É algo simples, mas potente. Uma substância 100% natural que, de quebra, vai ajudá-lo em outros inúmeros aspectos, da saúde à beleza, não importando se você é profissional ou atleta de fim de semana: o sono.

Se está achando que dormir é perder tempo e que passar umas horas a mais se exercitando terá o mesmo efeito, veja algumas informações que separamos para você entender definitivamente que ele é o melhor complemento para o seu treino.

O sono e a prática esportiva

Matthew Walker, professor PhD de neurociência da Universidade da Califórnia, que é um renomado pesquisador do sono, já destacou em seu livro Why We Sleep que dormir é um combustível para a vida, sendo essencial para desenvolvermos todas as nossas atividades, inclusive o esporte.

Segundo ele, equipes esportivas podem pagar milhões de dólares para comporem suas equipes com jogadores caros e cuidados médicos para obterem mais sucesso, porém a vantagem pode ir por água abaixo quando a equipe deixa de priorizar o sono pré e pós-jogo. E alguns números revelam bem do que ele está falando.

Estudos mostram que, após noites bem dormidas, jogadores de basquete conseguem melhorar a pontaria 9% em alguns lances, nadadores conseguem saltar 17% mais rápido do bloco de partida e tenistas profissionais acertam 42% mais bolas dentro da quadra.

Está curioso para saber como isso ocorre? Então vale relembrar que o sono não é algo uniforme, apesar de parecer, e que muita coisa acontece depois que você deita. Para começar, nas três primeiras fases, há o relaxamento dos músculos, onde a tensão é reduzida, os batimentos cardíacos diminuem, a temperatura corporal fica mais baixa e o ritmo respiratório mais lento.

Tudo isso é essencial para reabastecer as energias. Parece bem reparador? Pois saiba que vai muito além disso. No sono mais profundo, o hormônio do crescimento e a testosterona são liberados. Os dois são muito importantes para a recuperação e o desenvolvimento de músculos.

Você sabia que o sono, inclusive, ajuda a melhorar as habilidades necessárias para praticar qualquer esporte? Aqui, analisando não apenas o aspecto físico, mas mental, ele tem a capacidade de fixar no cérebro e refinar as informações vistas durante o dia, como um novo movimento específico usado em determinada modalidade. Assim fica mais fácil decorar aquela jogada ensaiada ou golpe que é importante para o resultado da partida, não é mesmo?

Além de tudo isso, dormir aumenta a capacidade aeróbica, ou seja, durante o exercício ele evitará que você chegue à exaustão de 10 até 30% mais rápido, atuando também na redução do ácido lático, aumento do fluxo de oxigênio no sangue e melhora na capacidade de regulação da temperatura interna do corpo, uma combinação que contribui para a resistência e aumenta consideravelmente a performance.

Por outro lado, quem dorme pouco não passa por todos os estágios essenciais para a recuperação do corpo e da mente, tendo como resultado uma piora no rendimento esportivo, que pode se agravar ainda mais pela liberação da adrenalina no corpo, gerando estresse e diminuindo a performance.

É importante destacar que atletas profissionais podem ter um bom rendimento mesmo após ter dormido pouco no dia anterior, porém é fundamental que o corpo tenha tempo suficiente para se recompor após a prática de exercícios.

Para aqueles que buscam ter todos esses benefícios, vale tentar começar a ficar, no mínimo, 8 horas dormindo. Aos que querem resultados mais precisos, a dica é buscar o auxílio de um médico, que poderá acompanhá-lo, definido por meio de alguns testes, como a polissonografia, qual é o tempo ideal no seu caso, já que cada esportista tem particularidades e precisa de um tempo específico de descanso.

Equipe Fit Anywhere

Sobre Equipe Fit Anywhere

Somos uma equipe de especialistas dedicada a trazer as notícias mais relevantes sobre saúde e bem-estar em condomínios e hotéis. Conheça também nosso app.